quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Sejamos um novamente

Saudações...

Em uma tarde sob o pôr do Sol, sentado a beira de um rio, ao observar a beleza da natureza, ao tocar e perceber a textura da menor das menores folhas de grama, ao sentir a brisa que sopra trazendo um sutil perfume incomum.. podemos nos perceber percebendo, ainda que mesmo que não saibamos, como parte de tudo isso...

Nosso dia a dia, com todas as idas e vindas, horários para sair e chegar, mantendo nossa mente em contínua preocupação com nossos afazeres, por muito e muito tempo, vai nos afastamos desta sensação de parte deste todo, como que tivéssemos rompido com esta conexão.. no entanto, já levando nossa lembrança o mais distante possível em nossa infância, vamos nos lembrando de que a conexão sempre existiu.. relembrando de quando nos maravilhávamos com as cores de tudo novo que descobríamos, da felicidade que sentíamos com o som dos animais, de nosso grande interesse com os aromas de tudo que encontrávamos.. percebemos.. que já percebíamos o mundo com maior proximidade, maior conexão...

Talvez, podemos até mesmo perceber que as relações com nossos entes queridos eram.. de certa forma.. mais próximas? como nossos amigos e um amor fraternal que superava uma briga em menos de cinco minutos?.. talvez, tenhamos tido na inocência da infância as maiores experiências de conexão, de unidade..

E hoje.. assim como o pôr do Sol ainda pode ser observado, como o canto de um pássaro ainda pode ser escutado, como o aroma de uma flor ainda pode ser sentido, e como aquela criança que experienciava o mundo ainda existe.. como seria?.. ainda que por um minuto apenas.. experienciar a conexão, a unidade...

Tenhamos um dia pleno, e ainda que por um minuto apenas, possamos nos lembrar de ser um!!

Paz e Luz