domingo, 14 de junho de 2015

Acalma e permite que a tempestade se vá


Saúdo-te!!

Conta uma lenda, que certo homem dormia ao fundo de um barco, enquanto que uma violenta tempestade lançava-se ao barco, em meio a um vendaval de fortes ondas. Os demais tripulantes, atordoados com o vendaval e o barco que se inundava, correram a alertar o homem que dormia, aos gritos de que todos iriam morrer.. Mas o homem, ao ser desperto, fez-se com que o ventos se abrandassem, e questionou os demais do por que eles ainda tinham tamanho temor..?

É provável que hoje poucos de nós precisemos atravessar tempestades em embarcações simples, porém.. quantos de nós não enfrentamos nossas próprias tempestades em nosso dia a dia, em nossos trabalhos, em nossas relações..?

Mas.. como seria em tais momentos tempestuosos em nossas vidas, perceber algo em nós mesmos, algo que pudesse como que despertar, e acalmar as ventanias, algo que não nos deixasse afundar em meio ao nosso dia a dia..?

E ainda hoje mesmo.. já nos percebendo como que já sabendo.. que por vezes a tempestade tem o tamanho do modo como à enxergamos.. ao mesmo tempo que já vamos nos dando conta que é possível.. trazer à nossos pensamentos.. lá do mais fundo e íntimo de nós mesmos.. uma calmaria.. como é enxergar a tempestade se abrandando.. como seria.. hoje mesmo já se percebendo navegando sob um novo olhar..?

Ótima semana!! Plena de dias de bonança!!
Paz e Luz

P.S.: sobre a tal lenda? Mateus 8: 23-27; Marcos 4: 35-41; Lucas 8: 22-25